ESPECIAL CORONA VÍRUS

Acesse
GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)
Publicidade

Homem acusado de matar casal é preso pela DIG de Taubaté


Investigação aponta que crimes foram cometidos após determinação de um “tribunal do crime”

Homem acusado de matar casal é preso pela DIG de Taubaté Corpo de uma das vítimas foi encontrado no dia 30 de julho, em uma plantação de eucaliptos da cidade (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
Publicado em 18/09/2020 12h40
por redação/ Guia Taubaté

As equipes policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Taubaté, com apoio de policiais da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), prenderam um suspeito de duplo homicídio.

Segundo a polícia, a investigação se iniciou quando um cadáver carbonizado de um homem foi encontrado no dia 30 de julho, em uma plantação de eucaliptos na cidade. Posteriormente, no dia 9 de agosto, o corpo de uma mulher foi encontrado também em uma área rural de Taubaté.

A investigação apurou que os corpos encontrados eram de um casal que morava no bairro Marlene Miranda e que teriam sido vítimas de um tribunal do crime, tendo em vista que eles eram acusados por traficantes locais de terem abusado das crianças – no caso o padrasto – e de ser conivente com os abusos – no caso a mãe.

O Conselho Tutelar chegou a acolher as crianças após a chegada das denúncias de abusos, os quais estão sendo apurados através de investigação pela DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Taubaté.

Ainda segundo a investigação, diversas pessoas participaram das agressões ao casal, seu arrebatamento, tortura e execução.

Nesta data foram cumpridos três mandados de busca e um de prisão temporária. Durante as buscas foram encontrados drogas, dinheiro e munição.

O preso, de 18 anos de idade, permanece a disposição da justiça no Centro de Detenção e Triagem de Encaminhamento de Presos (CDTEP) de Taubaté.

espaço publicitário do Guia de Empresas
Bidu Banho & Tosa
Pet Shop e Confecções Pet

Bidu Banho & Tosa

Estética Canina.

(12) 3608-4...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias