Aguarde, carregando...

SUPERAÇÃO Especial

Bailarino Taubateano é escolhido para Escola Nacional de Circo

Artista começou a carreira nos projetos sociais da Prefeitura aos 9 anos e sonha em participar do Cirque Du soleil


Em 04/09/2019 17:03 por Redação/ Guia Taubaté


Artista particionou entre 2011 e 2017 da Famuta (Fanfarra Municipal de Taubaté) (FOTO: Arquivo Pessoal/ Elias Oliveira)

Com o sonho de ingressar no casting do Cirque Du soleil, o Bailarino Taubateano, Elias Oliveira, foi selecionado participar da Escola Nacional de Circo.

O artista - que começou a carreira nos projetos sociais da Prefeitura Municipal de Taubaté aos 9 anos – conta que participou de um processo seletivo com outros 260 bailarinos e que teve quatro etapas até conseguir entrar para a instituição que fica no Rio de Janeiro.

Além de participar dos programas de ginastica olímpica e atletismo do município, o jovem de 21 anos foi integrante da Famuta (Fanfarra Municipal de Taubaté) por seis anos e chegou a ser campeão mundial.

“Entrei no pavilhão nacional da fanfarra em 2011, fui para a linha de frente um ano depois. Toquei percussão durante um tempo e em 2013 acabei voltando para a linha de frente. A paixão pela dança e pelas bandeiras falou mais alto e permaneci até o mundial de 2017 em Palm Springs na Califórnia”, contou o artista.

Já para seleção na Escola Nacional de Circo, Elias Oliveira foi selecionado em 37° lugar, sendo o único representante do Vale do Paraíba e iniciou os estudos no dia 19 de agosto. As aulas na instituição acontecem da 7h às 16h.

“Estar aqui não é nada fácil, é um alto rendimento e necessário muita preparação física, muito treino, mas futuramente tudo isso será recompensado e ter conseguido chegar até aqui é gratificante demais”, relatou o artista.

O bailarino ainda contou que a arte e esporte o ensinaram ter mais empatia e a valorizar o trabalho alheio.

“No mundo da arte ninguém é melhor que ninguém, todos nós buscamos reconhecimento. Você pode ser o melhor artista, mas se não tiver humildade não chegará a lugar nenhum, só quem é artista sabe o quanto é difícil não ter apoio e mesmo assim não desistir daquilo que tanto sonha” finalizou Elias Oliveira.

Empresas Sugeridas para Você

Ofertas Sugeridas para Você