Aguarde, carregando...

PROTEÇÃO ÀS MULHERES Plantão

“Guardiãs Maria da Penha” tem início neste mês em Taubaté

Projeto será implementado com cadastro de 381 mulheres que possuem medidas protetivas expedidas pelo MP


Em 03/07/2020 13:05 por redação/ Guia Taubaté


Vinte agentes da GCM participam da última etapa de formação do projeto (FOTO: Reprodução/ Facebook)

O projeto Guardiãs Maria da Penha, de Taubaté, realiza nesta sexta-feira (3) a última etapa da formação das agentes. A atividade é ministrada pela esponsável técnica do Centro de Referência Especializado da assistência Social (Creas), Renata Gonçalves de Almeida, com a participação de 105 servidores municipais, entre eles 20 agentes da Guarda Civil Municipal (GCM).

Desde 2019, após uma primeira capacitação, guardas municipais já realizam ronda para atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica. Uma viatura caracterizada, sempre composta por, pelo menos, uma agente feminina, realiza a ronda e visita às residências.

O projeto será implementado com o cadastro de 381 mulheres que possuem medidas protetivas expedidas pelo Ministério Público no aplicativo criado pela GCM. O aplicativo deve ser instalado pela mulher vitimizada e pode permanecer na área de trabalho de seu celular. Em situações de perigo ela pode acionar o botão SOS e um pedido de ajuda será enviado automaticamente para a GCM, com o mapa de localização da vítima. Segundo a Prefeitura, o objetivo é agilizar o atendimento.

Segundo dados fornecidos pelo Ministério Público, no ano passado 285 mulheres possuíam medida protetiva em Taubaté. Para se ter uma ideia, entre janeiro e abril de 2019 existiam 33 medidas protetivas ativas. O número passou para 96 no mesmo período de 2020.

Empresas Sugeridas para Você

Ofertas Sugeridas para Você