GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)

57ª edição da Festa do Folclore tem início


Evento contou com participação de figuras políticas, grupos populares e companhia teatral

Publicado em 25/08/2017 12h26
por Stéfanie Bernardes/Guia Taubaté

Começou na noite da última quinta-feira, dia 24, a tradicional festa do folclore de Taubaté, que acontece anualmente no bairro da imaculada. 

Com a presença de grupos de cultura popular da cidade, como Makulelê, Congada e Moçambique, foi dado oficialmente o início das atividades de 2017.

Em sua 57ª edição, a participação na festa passa de geração em geração entre os moradores do local. Juliana de Souza, mora nas proximidades da Rua Imaculada e conta como é a experiência de, hoje, trazer os filhos para o evento. 

“É 57ª festa, mas desde pequena, que eu me lembro, já participava da Festa da Imaculada. Os grupos folclóricos, como Congada, Moçambique, é muito legal eu estar mostrando para eles. Eu gostava e eles também estão aproveitando esses momentos”, conta.

Neste ano, segundo o secretário de cultura do município, Márcio Carneiro, o grande desafio para a realização do evento foi a pouca verba disponível, o que exigiu criatividade para desenvolver a programação. 

“Muito embora a gente tenha passado por problema financeiro, o país tenha passado por problemas financeiros, eu acredito que nada é por acaso. Porque a Festa da Imaculada, do Folclore, é para valorizar a nossa gente, valorizar o nosso povo. Então, eu acredito que ela foi construída em um formato que é o ideal, de valorizar o Vale do Paraíba. Pensando nisso, nós montamos esse projeto para poder acontecer esse novo formato, que, na verdade, é o resgate do que sempre foi”, explica o secretário.

Sobre a relevância da festividade, a comunidade destaca a importância do evento para a divulgação e a sobrevivência da cultura tradicional da cidade.

“É um meio de divulgar a cultura, o folclore. A gente tem tanta riqueza no país e isso não é divulgado”, afirma Letícia Ferreira, estudante e participante do grupo de Makulelê N’Golo Brasil, que se apresentou na noite de ontem.   

Para Wagner Campos, figureiro, o evento é importante para a manutenção do saber popular.

“[A festa] É muito importante para a manutenção do saber popular, das nossas origens, de manter viva a tradição do nosso povo. O folclore é isso, é a sabedoria do nosso povo. Então, essa festa vem resgatar um pouco do que já tinha no passado e manter o que a gente tem hoje em dia, como a arte dos figureiros, o Moçambique, a Dança da Fita, que é nossa cultura tradicional daqui”, comenta ele.

A Festa da Imaculada acontece até domingo, dia 25, com diversas atividades na Rua Imaculada e na Casa do Figureiro. A programação completa pode ser conferida aqui.

espaço publicitário do Guia de Empresas
WB Despachante
Despachantes

WB Despachante

Serviços de transferencia, renovação de CNH, financiamento de débitos, licenciamento, 1º emplacamento...

(12) 3629-6...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias