Anuncie sua empresa no Guia de Empresas

Anuncie
GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)
Publicidade

Leis proíbem vendas de chumbinho e linha chilena em Taubaté


Textos distintos proíbem a comercialização dos produtos na cidade

Leis proíbem vendas de chumbinho e linha chilena em Taubaté Lei proíbe comercialização da linha cortante no município (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
Publicado em 13/01/2018 17h15
por redação/Guia Taubaté

Ainda nos últimos dias de 2017, a Câmara de Taubaté sancionou duas leis, que proíbem, cada uma, a venda de “linha chilena” e chumbinho.

Sobre a “linha chilena”, a lei de autoria do vereador Dentinho (PV) proíbe a fabricação, comercialização e distribuição do material cortante. A linha é preparada para uso em pipas, que utiliza pó de quartzo e óxido de alumínio para aumentar o corte. O estabelecimento que for flagrado vendendo o material está sujeito a advertência, multa de R$ 18 mil e suspensão das atividades, além de cassação do alvará.

continue depois da publicidade Publicidade

Já a lei que proíbe a venda de chumbinho tem autoria de Douglas Carbonne (PCdoB). Segundo o texto, o veneno organofosforado carbamato somente poderá ser vendido em estabelecimentos agropecuários autorizados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A venda de agrotóxicos fica condicionada a apresentação de receituário prescrito por profissional habilitado, de acordo com a lei, que proíbe ainda a venda de qualquer tipo de veneno para menores de 18 anos.

As duas leis foram sancionadas no dia 28 de dezembro. O setor administrativo e os gabinetes dos vereadores já voltaram a funcionar na Câmara após o recesso das festas de fim de ano. Apesar disso, as sessões no legislativo só voltam a ser realizadas no início de fevereiro.

espaço publicitário do Guia de Empresas
Recanto da Vó Filinha
Locais para locações

Recanto da Vó Filinha

Local próprio para realização de eventos em geral. Chácara com parquinho, campo de futebol, salão...

(12) 3631-5...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias