GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)

Boatos sobre nova greve lotam postos de combustíveis em Taubaté


CNTA e Abcam desconhecem entidade que está propagando o conteúdo sobre paralisação dos caminhoneiros

Boatos sobre nova greve lotam postos de combustíveis em Taubaté Filas em postos tiveram início na noite de domingo (2), e seguem nesta segunda-feira (3) (Foto: Barbara Monteiro)
Publicado em 03/09/2018 12h12
por Barbara Monteiro (sob supervisão de Mário Pereira)

Os moradores de Taubaté amanheceram enfrentando filas em postos de combustíveis da cidade nesta segunda-feira (3). O motivo é que, devido ao aumento de R$0,26 no preço do Diesel, o boato de uma nova greve de caminhoneiros está repercutindo na internet.

Por nota, a Petrobras informou que o aumento ocorreu devido à elevação dos preços do diesel no mercado internacional e da desvalorização do câmbio. O reajuste é de 16%, e o valor passou a ser de R$2,29 por litro desde a última sexta-feira (31).

O rumor surgiu por meio das redes sociais, em uma foto que mostra uma nota oficial da União dos Caminhoneiros do Brasil (UDC), declarando greve por 10 dias. Com a situação, os taubateanos estão recorrendo aos postos e supermercados, aflitos com a suposta greve, que ocasiona a escassez do combustível e a falta de produtos em supermercados.

A Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) informou por meio de nota, que também desconhece qualquer indício de greve entre a categoria. “Não há motivos para uma nova paralisação, uma vez que todas as medidas reivindicadas e negociadas com o Governo Federal na mobilização de maio, estão sendo cumpridas”, diz parte da nota.

Por telefone, a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) afirmou que a informação não procede, e que desconhece a UDC, que repercute essa possível nova greve. A associação informou ainda que nenhuma entidade parceira se prontificou a realizar qualquer tipo de greve. A Abcam tentou agendar uma audiência com a Casa Civil para discutir a respeito do aumento do preço, mas até o momento não obteve retorno.

A Casa Civil foi contatada, mas não retornou até o fechamento desta matéria.

Até o momento, não há registros de nenhuma paralisação da categoria em rodovias da região.

espaço publicitário do Guia de Empresas
Quin Redes de Proteção
Redes de Proteção

Quin Redes de Proteção

Redes de proteção para janelas, sacadas, escadas, piscinas e outros. Produtos confeccionados com Polietileno...

(12) 3011-2...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias