ESPECIAL CORONA VÍRUS

Acesse
GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)
Publicidade

Prefeitura recua estimativa do Plano Plurianual em R$ 300 milhões após pandemia


Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias enviado à Câmara tem receita para 2021 estimada em R$ 1,1 bilhão

Prefeitura recua estimativa do Plano Plurianual em R$ 300 milhões após pandemia Audiência foi presidida pela vereadora Loreny (Foto: Juliana Viturino)
Publicado em 18/06/2020 13h18
por redação/ Guia Taubaté

A série de audiências públicas relativas ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021 foram retomadas na Câmara de Taubaté. Algumas secretarias municipais estiveram no legislativo na quarta-feira (17), para apresentação das despesas estimadas.

Em audiência presidida pela vereadora Loreny (Cidadania) e com a presença dos vereadores Nunes Coelho (Republicanos) e Gorete (DEM), a Prefeitura recou nas estimativas feitas em seu Plano Plurianual, em 2017, no qual previa atingir receitas de R$ 1,4 bilhão em 2021. Segundo o projeto da LDO enviado à Câmara, a reestimativa de receita para o ano que vem é de R$ 1,1 milhão, e a justificativa é o impacto causado pela pandemia do coronavírus.

Assim, as secretarias tiveram suas previsões orçamentárias revistas. Na apresentação de quarta-feira (haverá outra na sexta-feira, 19), ficou demonstrado que a Secretaria de Finanças terá recursos de R$ 76,3 milhões; o Gabinete do Prefeito terá R$ 6 milhões; a Secretaria de Governo, R$ 23 milhões; Esportes, R$ 18,7 milhões; Inclusão Social, R$ 36,9 milhões; Segurança, R$ 28 milhões; Educação, R$ 367 milhões; Mobilidade Urbana, R$ 19,9 milhões.

O projeto de lei, que é um parâmetro para a elaboração do orçamento de 2021, pode ser acessado na página de Legislação da Câmara Municipal, ou pelo atalho https://bit.ly/2zFx4t0.

espaço publicitário do Guia de Empresas
Lojas Sartori
Distribuidores de Produtos para Salão de Beleza

Lojas Sartori

Distribuidor exclusivo de produtos e móveis para salão de cabeleireiros e centro técnico.

(12) 3631-2...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias