ESPECIAL CORONA VÍRUS

Acesse
GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)
Publicidade

Taubaté registra queda acentuada de receita após pandemia


Em audiência na Câmara, secretária de Administração e Finanças apresentou números do Executivo no quadrimestre

Taubaté registra queda acentuada de receita após pandemia Audiência foi presidida pela vereadora Vivi da Rádio (ao centro) (Foto: Juliana Almeida)
Publicado em 29/05/2020 13h50
por redação/ Guia Taubaté

A arrecadação de Taubaté entre janeiro e abril atingiu 35% do previsto para 2020, conforme demonstrado na audiência inicial de prestação de contas do primeiro quadrimestre, realizada na Câmara de Taubaté, nesta semana.

Em audiência presidida pela vereadora Vivi da Rádio (Republicanos) e com a participação dos vereadores Gorete (DEM), Dentinho (PSL) e Loreny (Cidadania), a secretária de Administração e Finanças apresentou os números da Prefeitura.

Segundo Odila Sanches, o total de R$ 1,2 bilhão estimado para ser arrecadado em 2020, R$ 438,5 milhões foram realizados entre janeiro e abril.

“Janeiro, fevereiro e março, a nossa receita estava correndo a contento, mas a partir do dia 20 de março, tivemos uma queda acentuada. Mesmo assim, a diferença não foi tão acentuada. Deveríamos estar em 38%. A gente vê que o taubateano preza muito o pagamento dos seus impostos, e viemos com a prorrogação de impostos para junho, julho e agosto”, explicou a secretária de Finanças.

A Secretaria de Educação cumpriu 25,6% da previsão para o ano: dos R$ 383,4 milhões que devem ser destinados à pasta em 2020, foram cumpridos R$ 98,4 milhões.  A Secretaria de Esportes cumpriu 26,14% dos R$ 21,7 milhões estimados para o ano, ou seja, R$ 5,6 milhões.

Já a Secretaria de Obras cumpriu, no quadrimestre, 15,76% dos R$ 108,8 milhões previstos para o ano, o seja, R$ 17 milhões, e a de Mobilidade Urbana, 20,51% dos R$ 20,9 milhões estimados para 2020, que representam R$ 4,2 milhões.

espaço publicitário do Guia de Empresas
Contábil Univale
Contabilidade

Contábil Univale

Abertura de empresas baixas.

(12) 99610-...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias