Aguarde, carregando...

EM ABRIL Plantão

Taubaté apresenta queda em casos positivos de Covid entre idosos de 80 e 89 anos

No pior mês da pandemia no município, maior incidência de casos foi entre o público de 30 a 39 anos


Em 04/05/2021 09:49 por redação/ Guia Taubaté


Nove pessoas nessa faixa etária faleceram no último mês, em decorrência da doença (FOTO: Divulgação/ PMT)

O mês mais letal da Covid-19 em Taubaté apresentou, por outro lado, reações positivas da vacinação contra a doença. Os idosos na faixa etária de 80 a 89 anos tiveram queda de 14% no número de casos positivos da doença no último mês, em comparação ao mês de março.

Segundo a Vigilância Epidemiológica do município, foram registrados 82 casos em abril contra 95 em março. Neste grupo, 6.154 pessoas já tomaram a 1ª dose da vacina, sendo que 2.223 receberam a 2ª dose. Muitos desse grupo tomaram a AstraZeneca e necessitam de intervalo maior de tempo entre as doses.

A redução de casos positivos também foi sentida entre o público com mais de 90 anos, com 16 casos em abril, contra 21 no mês anterior. Em Taubaté, 905 tomaram a primeira dose da vacina, sendo que 652 pessoas deste grupo etário já foram vacinadas com a 2ª dose.

Segundo a Prefeitura, a faixa etária mais atingida foi a de 30 a 39 anos, com 1.337 novos casos, 193 a mais do que os 1.144 registrados em março. As outras que mais tiveram contaminação foram pessoas de 40 a 49 (1.241), 20 a 29 (1.108), 50 a 59 (950), 60 a 69 (650), 10 a 19 (416), 70 a 79 (307), 0 a 9 (196).

Considerando somente o mês de abril, os bairros com maior incidência de casos foram os mesmos já destacados no segundo mês do ano, com a região central ficando à frente: Centro (828) Jardim Gurilândia (789), Bonfim (561), Independência (538) e Vila São José (512). Além desses, merecem destaque, os bairros Parque Três Marias (483), Jardim das Nações (425), Parque Aeroporto (423) e São Gonçalo (377).

O mês de abril trouxe um aumento no número de mortes, sendo 127 óbitos, contra 74 óbitos registrados no mês anterior. Destes, 68 foram mulheres e 59 homens. Em janeiro de 2021 foram registradas 59 mortes e em fevereiro 48 óbitos.

Das 127 pessoas que vieram a falecer, idosos com idades entre 60 a 69 (34) foram maioria, seguido por pessoas de 70 a 79 anos (33), 50 a 59 (24), 40 a 49 (15), 80 a 89 (9), 30 a 39 (5), 20 a 29 (4) e 90+ (3). Não houve registro de mortes entre crianças e jovens de 0 a 19 anos.

Empresas Sugeridas para Você

Ofertas Sugeridas para Você