GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)

Pais e filhos compartilham paixão por videogames em Taubaté


Irmãos, Márcio e Marcos Moreira contam com as companhias dos filhos em jogos eletrônicos

Publicado em 12/08/2018 10h10
por Mário Pereira

Que os videogames e jogos eletrônicos são tendência entre crianças e adolescentes todo mundo já sabe. Agora, pais que compartilham dessa mesma paixão com os filhos vem sendo novidade entre as famílias. É o caso dos irmãos Moreira, que passaram a paixão pelos games para seus filhos.

“Sempre tive o costume com os meus irmãos, desde o Atari, Super Nintendo e foi evoluindo e a gente foi evoluindo junto. Agora ele vem nessa geração, que é a chamada geração Z, e bem mais avançado que a gente no mundo eletrônico. A gente continua acompanhando e agora um pouco mais divertido, porque a gente (sic) tem a possibilidade de jogar junto com ele”, afirmou Márcio Moreira, professor de Educação Física e pai de Caio, de 8 anos.

Na casa do Márcio, o futebol predomina tanto no mundo real, quanto no virtual. “Ele (Caio) joga [futebol] desde os três anos e meio, já está com oito. Eu faço parte de uma escolinha, onde eu tomo conta da equipe Sub-8. Ele joga na equipe e a gente aproveita esse momento para estar junto, embora lá eu seja o professor e ele o aluno. Então ou é jogando bola, ou é jogando bola no videogame, não tem como fugir disso”, contou Márcio.

Já na casa de Marcos, os jogos virtuais preferidos dos filhos são outros. O pai falou sobre a relação deles com esses games. “Eu jogo com eles, gosto de estar jogando, porque tem muitos jogos agressivos. Falam agressivos, mas é ponto de vista de cada um. Os meus filhos jogam, mas eles não são agressivos. Eles jogam jogo de tiro, jogo de luta, mas sabem que é só um jogo. Eu explico para eles e eles entendem. Gosto de jogar muito com eles”, afirmou o ajudante de fabricação.