Anuncie sua empresa no Guia de Empresas

Anuncie
GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)
Publicidade

Vereadores de Taubaté divulgam nota de repúdio às falas de João Doria


Governador discutiu com manifestantes em evento realizado na cidade; parlamentares dizem que tucano desqualificou policiais aposentados

Vereadores de Taubaté divulgam nota de repúdio às falas de João Doria Polêmica aconteceu na última terça-feira (15) durante o evento Feito em SP (Foto: Divulgação/ Governo do Estado de São Paulo )
Publicado em 18/10/2019 12h23
por Mário Pereira

A visita do governador João Doria (PSDB) a Taubaté na última terça-feira (15) ainda está dando o que falar. Depois de discutir com manifestantes e se desculpar, o tucano foi alvo de uma nota de repúdio na Câmara de Taubaté.

Na última quinta-feira (17), o presidente da Casa, Boanerge (PTB) e o vereador Orestes Vanone (PV), que são policiais militares aposentados, tornaram público o repúdio após fala de Doria no evento público realizado na Avenida do Povo.

Os parlamentares se atentaram ao fato do governador “desqualificar” a categoria de policiais aposentados, e destacaram que os mesmos vivem uma realidade financeira “sombria” por conta dos sucessivos governos que antecederam o atual.

A nota se encerra relembrando o fato de Boanerge e Vanone serem representantes da categoria e criticando João Doria por “afronta contra os nossos heróis que sempre honraram e cumpriram, ainda que anonimamente, e com tamanha dignidade, as missões a eles incumbidas”.

Entenda o caso         

O governador João Doria esteve em Taubaté na última terça-feira (15) e participou do evento Feito em SP, que é uma etapa do programa SP Gastronomia. Ao subir no palco para discursar, o peessedebista se deparou com manifestantes do Movimento Conservador, que utilizavam cartazes e caixa de som, criticando o tucano, com dizeres como “Governador Doria derrete a cada mentira” e gritos de “João Pinóquio”.

Visivelmente incomodado, o governador retrucou com frases como: “Enquanto vocês descansam, os policiais de trabalho estão trabalhando, arregaçando a manga para trabalhar. Não estão fazendo política. Vai para casa, vagabundo. Vai para a sua casa. Vai comer sua mortadela com a sua mãe. Seus sem-vergonha”. Ele também atacou o senador Major Olimpio (PSL), dando a entender que as manifestações foram pagas pelo político: “Vai cobrar do Major Olimpio seus “duzentinho” para vir aqui falar bobagem no microfone. Vai pra casa, aposentado!”.

Em vídeo gravado e divulgado nesta quinta-feira (17), João Doria disse ter sido vítima de “baderneiros”, mas confessou ter excedido o tom e pediu desculpas. Ele completou dizendo que não estava criticando aposentados e as pessoas de bem e voltou a repudiar os manifestantes, chamando-os de “arruaceiros”.

espaço publicitário do Guia de Empresas
Tuim Turismo e Viagens
Agência de Viagens e Turismo

Tuim Turismo e Viagens

Viagens nacionais, internacionais e personalizadas, Cruzeiros, Passagens Aéreas, Reserva de Hotéis,...

(12) 98122-...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias