Anuncie sua empresa no Guia de Empresas

Anuncie
GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)
Publicidade

Transporte público e fábricas têm serviços paralisados pela ‘greve geral’


Além desses setores, bancos também aderem ao movimento liderado por centrais sindicais

Transporte público e fábricas têm serviços paralisados pela ‘greve geral’ Paralisação teve incio na manhã desta sexta-feira em Taubaté (Foto: Divulgação/ Sindmetau)
Publicado em 14/06/2019 10h37
por Redação/ Guia Taubaté

A greve geral, convocada em todo país por sindicatos dos trabalhadores, vem surtindo efeito em Taubaté nesta sexta-feira (14). O transporte público, a produção nas fábricas e atendimento nos bancos estão suspensos no município.

Segundo as categorias, as manifestações foram organizadas contra a Reforma da Previdência, que está sendo discutida pelo congresso nacional, e os cortes nos gastos públicos em educação proposto pelo governo Jair Bolsonaro (PSL).

De acordo com o Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba, a frota de transporte público do município está 100% parada desde o início da manhã, apesar da liminar que obriga a circulação de 30% dos veículos. A categoria explicou que foi realizado uma assembleia com os trabalhadores na porta da ABC Transportes e foi decidido a adesão a greve geral.

Já a Prefeitura de Taubaté publicou uma nota onde informa que somente a TCTAU (Transporte Complementar de Taubaté) está realizando o transporte das linhas Marlene Miranda, Vila Aparecida, Parque Sabara e São Gonçalo.

Devido a greve, táxis e mototáxis estão autorizados temporariamente a pegar passageiros nos pontos de ônibus. Ainda segundo a gestão municipal, o Sindicato está descumprindo o documento emitido por eles, que informava que 30% da frota seria mantida. A prefeitura já tomou as medidas legais cabíveis.

Os bancos também aderiram a paralisação nacional nesta sexta-feira (14). De acordo com o Sindicato dos Bancários e Financiários de Taubaté e Região, os bancários só devem iniciar o atendimento ao público após a 13h.

A categoria ainda informou que a Caixa Econômica Federal mantém o serviço normal e o Banco do Brasil está trabalhando com o número de funcionários reduzido. 

Já o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região informou que os funcionários das fábricas do Distrito do Piracangaguá e do Distrito do Una estão paralisados desde o início desta sexta-feira.   

No município ainda estão previstas duas manifestações durante o dia. Segundo as categorias, deve acontecer um protesto no centro da cidade durante a parte da manhã e uma assembleia às 17h, na sede do Sindmetau.

espaço publicitário do Guia de Empresas
Seomys Comunicação
Comunicação Visual

Seomys Comunicação

Confecção de faixas, placas, banners, adesivos para personalização de autos e vitrines.

(12) 3635-4...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias