ESPECIAL CORONA VÍRUS

Acesse
GUIA DE EMPRESAS
Busque aqui: (produtos, serviços, etc)
Publicidade

Arroz e óleo de soja puxam alta da cesta básica em setembro na RMVale


Caçapava atingiu maior alta entre as cidades que recebem a pesquisa, com 7,19%; Taubaté teve a menor, com 1,43%

Arroz e óleo de soja puxam alta da cesta básica em setembro na RMVale Preço do arroz subiu 14% no último mês, segundo a pesquisa (Foto: Agência Brasil/ EBC)
Publicado em 10/10/2020 14h10
por redação/ Guia Taubaté

O preço dos alimentos segue subindo no Vale do Paraíba. Isso é o que mostra a pesquisa do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais) da Unitau (Universidade de Taubaté). Segundo o estudo, a cesta básica na RMVale subiu, em média, 3,82% no mês de setembro - maior aumento do ano.

Na pesquisa são calculados itens de higiene pessoal, limpeza e alimentação de uma família com poder de compra de cinco salários mínimos vigentes. Em setembro, esse valor ficou em R$ 1.734,87. Nas quatro cidades que recebem a pesquisa (Caçapava, Campos do Jordão, São José dos Campos e Taubaté) ocorreram variações positivas nos preços médios.

O destaque entre os aumentos ficou para Caçapava, com uma variação de 7,19%. A menor variação foi registrada em Taubaté, com 1,43%.

Segundo os pesquisadores, uma das possíveis explicações para uma variação menor nas maiores cidades pode ser uma maior competição no segmento de supermercado em um cenário de mudanças nos custos de produção e um melhor desempenho do setor exportador com o aumento nos preços internacionais.

Em termos de valores também a cidade de Caçapava apresentou o preço maior da cesta básica, sendo, portanto, a mais cara, entre as cidades, com o valor de R$ 1.867,26. Já a cidade com o menor valor da cesta básica foi a Taubaté com R$ 1.738,35.

Os produtos que mais contribuíram para o aumento do valor da cesta básica no Vale do Paraíba no mês de setembro foram o óleo de soja (31,18%), o tomate (22,14%) e o arroz (14,09%).

De acordo com a pesquisa, o óleo puxa esse aumento por conta da manutenção da demanda pela indústria do biodiesel e do consumo doméstico relacionado à mesma disponibilidade interna. “É a lei da oferta e demanda, em que hoje a produção local não atende aos níveis de demanda”.

espaço publicitário do Guia de Empresas
MAVIC Instalação e Manutenção Elétrica e Ar Condicionado
Eletricistas

MAVIC Instalação e Manutenção Elétrica e Ar Condicionado

Instalação e Manutenção Elétrica Residencial, Comercial e Industrial.

(12) 99143-...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia

Ver todas as noticias